BUSQUE AQUI MESMO

Carregando...

domingo, 31 de julho de 2011

FRASES FAMOSAS DOS ILLUMINATIS


Recompilação das “melhores” frases da Elite em seu caminho à Nova Ordem Mundial!!


[Imagem: nwoec.jpg]

ECOLOGIA-ENERGÍA

“Buscando um novo inimigo para recobrar a unidade de ação, nos ocorreu a ideia de que a poluição, a ameaça do aquecimento global, o déficit de água potável, a fome e coisas assim cumpririam muito bem essa tarefa”.

(Club de Roma) OS BILDENBERGS

“Não importa o que é a verdade. Só importa o que as pessoas acreditem que seja a verdade”.

(Paul Watson, cofundador do Greenpeace)

“Qualquer tipo de tecnologia complexa é um atentado contra a dignidade humana. Seria uma catástrofe para nós se fosse descoberta uma fonte de energia rica, limpa e barata, se pensamos no que o homem faria com ela”.

(Amory Lovins, fundador do Rocky Mountain Institute, um Eco-think-tank)

"Minhas três metas fundamentais seriam reduzir a população mundial a uns 100 milhões de habitantes, destruir o tecido industrial e procurar que a vida selvagem, com todas suas especies, se restabelecesse em todo o mundo”.

(Dave Foreman, cofundador de Earth First!)

“Necessitamos um amplo apoio para estimular a fantasia do público… Para isso devemos oferecer cenarios de horror, realizar declarações dramáticas e simples e não permitir muitas duvidas … Cada um de nós deve decidir onde está o equilíbrio entre efetividade e honestidade”.

(Stephen Schneider, Stanford Profesor of Climatología, autor de muitos dos relatórios do IPCC.)

“Temos que conduzir este assunto do aquecimento global. Ainda que a teoría do aquecimento global esteja errada, Estaremos fazendo o correto em términos de Política econômica e ambiental.”

(Timothy Wirth, Ex Subsecretario de Estado dos EEUU Atual Presidente da UN Foundation)

“A extinção da especie humana não só é inevitável, como é uma boa coisa”.

(Christopher Manes, Earth First!)

NOVA ORDEM MUNDIAL


“O única incógnita no nosso tempo não é se o Governo Mundial será alcançado ou não, senão se será alcançado pacificamente ou com violência. Queira ou não, teremos um governo mundial. A única questão é saber se será por concessão ou por imposição”

(James Paul Warburg, chefe do grupo financeiro S. G. Warburg, membro da Round Table e do CFR, em uma declaração pronunciada ante uma comissão do Senado estadunidense).

“A atual janela para a oportunidade para que talvez uma Ordem Mundial interdependente e verdadeiramente pacífica se construa, não estará aberta durante muito tempo. Estamos à beira de uma transformação global. Tudo o que necessitamos é uma grande crise e as nações aceitarão a Nova Ordem Mundial.”

(David Rockefeller, durante um jantar dos embaixadores das Nações Unidas)

“A estrutura que deve desaparecer é a nação”

(Edmond de Rothschild, em declarações à revista “Enterprise”).

“Se requer uma Nova Ordem Mundial para manipular a crise da mudança climática.”

(Gordon Brown, Primeiro Ministro Britânico)

“O conceito de soberania nacional têm sido imutável, por um principio sagrado das relações internacionais. É um principio que cederá lentamente e enfaticamente aos novos imperativos da cooperação ambiental global.”

(Comissão das Nações Unidas para o Governo Global 1999)

“Aquele que não reparar que na Terra se está levando a cabo uma grande empresa, um importante plano no qual colaboramos como servos fiéis, está cego”

(Winston Churchill).

“A única maneira de conseguir que a sociedade mude de verdade é assustar as pessoas com a possibilidade de uma catástrofe.”

(Daniel Botkin, Professor emérito)

“Estados Unidos é o alvo e a oficina central. Uma vez dominado os Estados Unidos, o resto do mundo será fácil de dominar”

(Dr. Larry Bates, economista e autor do livro “The New Economic Disorder”).

“Uma sociedade como esta será dominada por uma elite cujo reclame pelo poder político estará baseado em um sentimento de superioridade científica. Esta elite buscará todos os meios para conseguir seus fins políticos, tais como as novas técnicas para influenciar o comportamento das massas, assim como para conseguir o controle e a submissão da sociedade”

(Extraído do livro “Between Two Ages,” pág.300, de Zbigniew Brezinsky, fundador e criador intelectual da Comissão Trilateral).

Brezinsky e Rockefeller convidaram a Carter para que fosse membro da Comissão Trilateral em 1973. Eles começaram imediatamente a buscar a Presidência.


“Nossos líderes recusaram a dizer a verdade. Se nós, que declaramos a crença na liberdade, não despertamos ante estes sucessos, o mundo estará encaminhado a um período de escravidão…”.

(Senador Barry Goldwater, “With No Apologies”, pág. 299).

“A Era Tecnotrônica vai desenhando paulatinamente uma sociedade cada vez mais controlada. Essa sociedade será dominada por uma elite de pessoas livres, de valores tradicionais, que não duvidarão em realizar seus objetivos mediante técnicas depuradas com as que influenciarão no comportamento do povo, e controlarão e vigilarão com todo detalhe á sociedade, até o ponto em que chegará a ser possivel estabelecer uma vigilância quase permanente sobre cada um dos cidadãos do planeta”

(Extraído da obra “A Era Tecnotrônica”, de Zbigniew Brezinsky, principal consultor do Grupo Rockefeller e artífice da Nova Ordem Mundial).

“Eu tenho feito um chamado de atenção a nossos colegas a centrar as investigações sobre o Grupo Bilderberg - um grupo de elite internacional composto por altos oficiais internacionais, assim como financeiros, homens de negócios e criadores de opiniões”.


“Esta exclusiva aristocracia internacional sustenta encontros altamente secretos anualmente em vários países. A informação limitada que se encontra disponível acerca do que se planeja nestas reuniões revela que eles discutem sobre matérias de vital importância que afetam as vidas de todos os cidadãos…”.


O senador
John R. Rarick fez a seguinte declaração acerca das secretas contribuições do Grupo Bilderberg ante a Casa dos Representantes.

“A crise no Golfo Pérsico oferece uma única oportunidade para mobilizar-nos à um período histórico de cooperação. Depois destes tempos problemáticos, uma Nova Ordem Mundial pode surgir, na qual todas as nações do mundo, do este e do oeste, do norte e do sul, possam prosperar e viver em uma convivência harmoniosa que debe nascer”.


O 11 de setembro de 1991,
Bush pai, em um documento enviado ao Congresso entitulado “Rumo a uma Iminente Nova Ordem Mundial

“Estamos agradecidos ao “Washington Post”, o “New York Times”, a revista “Time”, e outras grandes publicações cujos diretores acudiram à nossas reuniões e respeitaram suas promessas de discrição por quase 40 anos. Teria sido impossível para nós ter desenvolvido nosso plano para o mundo se fossemos objeto de publicidade durante todos estes anos”


Uma declaração em 1991 de David Rockefeller, durante uma reunião secreta do Grupo Bilderberg.


SISTEMA FINANCEIRO (DINHEIRO-DÍVIDA)


“Aqueles que fabricam e emitem o dinheiro e os créditos são precisamente aqueles que dirigem as políticas governamentais e possuem em suas mãos o destino do povo”

(Reginald McKenna, presidente do The Midlands Bank of England).

“Se algum dia os americanos permitirem que os bancos controlem a emissão de sua moda, os bancos e as corporações que crescerão em volta deles os privarão de todas as propriedades, até que um día seus filhos despertarão um dia se casas no continente que ocuparam seus pais”

(Thomas Jefferson).

“Me dê o controle sobre a moeda circulante das nações, sem importar quem escreva as leis”

(O barão M. A. Rothschild, século XVIII).

“Sinceramente, acredito, igual a você, que os poderes bancários são mais perigosos que os exércitos armados…”

([b]Thomas Jefferson em uma carta a John Adams[/b]).

“Hoje em dia nos Estados Unidos temos efetivamente dois governos que estão em operação… Temos o governo devidamente constituído,… e logo temos a um governo independente no Sistema de Reserva Federal, ao qual não é possivel controlá-lo nem coordenar, e que é o que manipula os poderes monetários outorgados ao Congresso pela constituição”

(Wright Patman, presidente do House Banking Committee).

“Os oficiais econômicos dos maiores países devem começar a pensar em términos de gerenciar uma só economia mundial, junto com o gerenciamento de relações econômicas internacionais entre os países”

(A Reforma das Instituições Internacionais: Um Relatório da Trilateral Task Force em As Instituições Internacionais para a Trilateral Commission, New York: “The Trilateral Commission”, 1976, pág. 22).

“Os impérios econômicos internacionais estão interessados em promover o endividamento dos governos. Quanto mais alta é a divida, mais caros são os interesses. Mas ademais podem exigir ao presidente de turno privilégios fiscais, monopólios de serviços ou contratos de obras. Se este não aceitar provocarão sua queda, promovendo disturbios e greves que, ao empobrecer à nação lhes obriga a abdicar ante o que pedem”

(Carrol Quigley, extraído do livro “Tragedy and Hope”).

“O capitalismo, atual ideologia triunfadora, possui a arma mais poderosa de conquista: o dinheiro. A historia da atual dominação foi perfeitamente planejada há muito tempo. Desde que os Estados Unidos se proclamou independente, fraternidades econômicas mundiais se instalaram nesse país para tomar o controle econômico e desta forma o político. Usando políticas de expansão, velhas “famílias” poderosas da Europa expandiram à novas terras seus domínios. Sociedades secretas estabeleceram seus novos impérios, desde os quais partiriam suas estrategias financeiras e políticas. Johanes Rockefeller imigrou para a América e seu descendente, John D. Rockefeller, se converteu no líder do monopólio do petróleo. Com o tempo, aliado a interesses europeus, promulgaram a criação de numerosas entidades mundiais.
Seu propósito: a instalação de seu poder em todo o mundo para a conquista lenta e paulatina mediante a infiltração do poder econômico. Eles planejaram o estabelecimento de varias organizações de poder internacional: a Reserva Federal, o Conselho de Relações Exteriores, a Comissão Trilateral, o Bilderberg Group e as mesmas Nações Unidas(ONU). O objetivo final: a criação de uma Nova Ordem Mundial
(William Cooper, ex-membro da Inteligência Norteamericana -assassinado-. Extraído do informe sobre A Nova Ordem Mundial).

POLITÍCA


“Na política, nada acontece por acidente. Se acontece, pode apostar que assim foi planejado”

(Franklin Delano Roosevelt).

“Quando um chega a ser presidente de um país existe outra pessoa que toma as decisões, e um adverte que pode ser um ministro virtual”

(Bill Clinton, 1998).

“Necessitamos um novo paradigma de desenvolvimento onde o ambiente será a prioridade…O mundo civilizado tal como o conhecemos terminará em breve… Temos muito pouco tempo e devemos atuar… Se podemos enfrentar o problema ambiental, terá que ser feito dentro do novo sistema, um novo paradigma. Temos que mudar nosso pensamento, a maneira que a humanidade vê o mundo.”

(Mikhail Gorbachev, Fórum Estado do Mundo)

“O CFR (Concelho de Relações Exteriores, ramo fundamental da Nova Ordem Mundial) é uma parte central da sociedade americana que foi originada na Inglaterra. O CFR, junto com o Movimento de União Atlântica e o Concilio do Atlântico dos Estados Unidos, acredita que as fronteiras nacionais devem ser eliminadas e que um só governo mundial deve ser estabelecido. O que os Trilaterais (referente à Comissão Trilateral: Estados Unidos, Europa e Japão) realmente o que tentam é a criação de um poder econômico de proporções globais superior ao poder político de qualquer nação ou estado envolvido. Como líderes e criadores deste sistema, eles governarão o mundo. Desde meu ponto de vista, a Comissão Trilateral representa um esforço coordenado por tomar o controle e consolidar os quatro centros do poder: político, monetário, intelectual e eclesiástico”

(Senador Barry Goldwater –“With No Apologies”, 197 , pág. 128 y 284).

“As políticas promovidas pelo CFR em matéria de defesa e de relações internacionais viraram as políticas oficiais do Governo dos Estados Unidos. O CFR predominou no Departamento de Estado do presidente Kennedy, assim como seu Gabinete e a equipe de seu secretario de Estado, Dean Rusk. Anthony Lukas, do “New York Times”, escreveu um artigo no qual dizia: ‘Dos primeiros 82 nomes da lista preparada para ajudar a equipe do Departamento de Estado do presidente Kennedy, 63 eram membros do Concilio’. Kennedy uma vez disse: ' Gostaria de ter novas caras por aqui, mas sempre me asignam os mesmos velhos nomes’ ”

(James W. Wardner, “The Planned Destruction of America”, pág.60). Fonte: http://planetagea.wordpress.com/2011/06/...o-en-alto/

Um comentário:

  1. essa contra s´supota mil reais por dia não adianta por mai s eu não ter acesso

    ResponderExcluir

MAÇONARIA - E SUAS CO-IRMÃS AS SOCIEDADES SECRETAS