BUSQUE AQUI MESMO

OLA VISITANTES

ESTATISTICAS MUNDIAL

COM A PALAVRA IRMÃO RUBENS

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

AIDS E H1N1 AS FARSAS DA O.M.S.




GRIPE SUINA H1N1- VACINAR?

 CASO BAXTER  - jornalista austríaca JANE evita um massacre mundial pela vacina H1N1 não
testada mas obrigatória e que não pune os seus fabricantes por qualquer dano causado à
população  http://www.youtube.com/watch?v=R3mdErvVjM4&feature=related
Está escrito: III João 1: 2
Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas, e que TENHAS SAÚDE, assim como bem vai a
tua alma.

...Apesar disso, a população pensou que poderia confiar num aspirante a carniceiro.
Foram se vacinar. A obediência — ou eu deveria dizer a estupidez? — foi tão grande
que o país CAMPEÃO MUNDIAL de vacinação contra a inexistente e irreal epidemia
generalizada de gripe suína foi o Brasil
.
Mais de 70 milhões de brasileiros foram vacinados.

OBS: PODEMOS CONCLUIR QUE O BRASIL POSSUI UM GRANDE NÚMERO DE
         DESINFORMADOS, VÍTIMAS FÁCEIS DA MÍDIA ASSASSINA.
         POVO VIDA DE GADO

Está escrito: João 8: 32 CONHECEREIS A VERDADE, E A VERDADE VÓS LIBERTARÁ
Veja o restante da matéria no final deste trabalho.
FONTE 78- Gripe Suína: quem pagou o preço pela pandemia fantasma?
Matéria de Júlio Severo
MINISTRO DA SAÚDE DO BRASIL MENTE PARA OS BRASILEIROS?
http://www.youtube.com/watch?v=UcU2Li6Rbyg

TENTEM RESPONDER A ESTE PEQUENO QUESTIONÁRIO:
1-    Por que a secretaria da saúde, Kathleen Sebelius, assinou um decreto dando total imunidade jurídica aos fabricantes
de vacinas contra a gripe H1N1
, em caso de perseguição jurídica (por parte das vitimas dessas vacinas, seja por Efeitos
secundários indesejáveis, seja por falecimentos)? Isto não parece mais uma licença para matar?
Fonte: http://www.globalresearch.ca/index.php?context=va&aid=14487

2- Por que, Madame Bachelot (ministra da saúde em França) pediu no inicio de Fevereiro de 2009, a um grupo de advogados
constitucionais, um memorando sobre a seguinte questão: a instituição de um plano de vacinação para toda a população seria
ilegal e inconstitucional? Ao que os especialistas responderam, garantindo que uma situação excepcional e um estado de
emergência sanitária justificavam amplamente a remoção de todas as liberdades pessoais!
Fonte: http://www.ccne-ethique..fr/docs/Avis%20106_anglais.pdf

3- Por que a Organização Mundial de Saúde modificou, no dia 27 de Abril de 2009, a sua definição de pandemia?
Antes, para declarar uma pandemia, os requisitos eram muito mais exigentes! Agora, basta que a doença seja identificada em
dois países de uma mesma zona OMS!
Fonte: http://www.who.int/csr/disease/influenza/pipguidance09FR.pdf (ver pag. 13 do pdf e as explicações nas paginas
seguintes)

4- Como é possível que a patente da vacina contra a gripe suína (H1N1) tenha sido apresentada em 2008 (muito antes da
aparição do vírus desaparecido desde da famosa epidemia da gripe espanhola, em 1918)?
Fonte: http://appft.uspto.gov/netacgi/nphParser?Sect1=PTO2&Sect2=HITOFF&p=1&u=/netahtml/PTO/search-bool.html&r=
3&f=G&l=50&co1=AND&d=PG01&s1=Kistner.IN.&OS=IN/Kistner&RS=IN/Kistner#top
5- Por que obra do destino o presidente francês Sarkozy teve a intuição de ir assinar um contrato de investimento de um
montante de 100 milhões de euros, no dia 9 de Março de 2009, para a construção de uma fabrica de produção de vacinas
contra a gripe? E imagine onde! No México, precisamente onde nasceu a gripe suína!
Fonte: http://www.sanofi-aventis.com/presse/communiques/2009/ppc_24324.asp

6- Por que, que nenhuma mídia e nenhum especialista nos diz que a GRIPE NORMAL mata a cada ano entre 250.000 e
500.000 pessoas, ou seja, mais de 1.000 mortes por dia (são os números oficiais da OMS)?
Fonte: http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs211/en/index.html (veja no texto por baixo de seasonal epidemics)

7- Por que, que toda a imprensa mundial diz repetidamente que o vírus da gripe A irá provocar uma batolada de mortes,
quando os factos demonstram que não passa de uma gripezinha (muito menos grave que a gripe normal) que fez apenas
2.000 mortes em mais de 5 meses? A gripe normal faria, no mesmo espaço de tempo, 200.000 mortes !
Fonte: http://www.who.int/csr/don/2009_09_18/en/index.html  (na tabela podemos ver 3.486 mortes até 13 de Setembro.
Um numero ridículo comparado com a gripe sazonal (devo relembrar que o hemisfério sul está a sair do inverno!
Deveríamos ter tido milhões de mortes na Argentina, no Chile, no Brasil e na Austrália, segundo as previsões da OMS!
Onde é que eles estão?)

8- Por que, apesar destes números de mortalidade insignificantes (VERDADE = 2.000 em vez da MENTIRA =
200.000), a maior parte dos países fizeram encomendas monstruosas para centenas de milhões de doses de vacinas
desde o mês de Junho de 2009?
Fonte: Não é preciso, isso deu todos os dias nos telejornais. Apenas para relembrar, Portugal: 6 milhões de doses,
França 94 milhões de doses, Canadá 50,4 milhões de doses, E.U.A 195 milhões de doses, Brasil: 40 milhões de doses e etc....

9- Portanto, para quê tomar medidas excepcionais este ano, visto que a gripe é menos virulenta que os outros anos?
Quais são os fatos que justificam tais decisões quando não existe nada de especial? Porquê as leis de emergência
(lei marcial) já foram aprovadas na maioria dos países (sem revelar o conteúdo)?
Fonte: http://fimdostempos.net/gripe-militarizacao-lei-marcial.html
10- Por quê o exercito americano foi implantado em todo o território dos E.U.A ?
Fonte: http://www.progressive.org/wx081209b.html (Este artigo menciona que o Pentágono quer aumentar o número
dos seus efectivos para cerca de 400.000 no terreno. Mas a maioria dos militares já estão implantados).

11- Para quê mais de 800 campos de concentração foram instalados nos Estados Unidos, estes últimos anos
(por enquanto, estão vazios)? Por quê eles são geridos pela a FEMA (Federal Emergency Management Agency), que
actua nas grandes catástrofes do território (como no furacão katrina) ?
Fontes: http://www.globalresearch.ca/index.php?context=va&aid=12793
             http://www.govtrack.us/congress/billtext.xpd?bill=h111-645
             http://www.youtube.com/watch?v=1qQ4iFI5Np8&feature=player_embedded (este ultimo vídeo já foi removido
(censura), só podia!   Conseguimos um novo link. Veja abaixo.
             http://www.youtube.com/watch?v=3IXoJPuvL9A&feature=related  Neste vídeo You Tube, uma mulher que pretende
 ser um soldado, explica como ela participou num exercício de repetição na Califórnia, praticando a colocação de barreiras e
postos de controle, de modo que as autoridades possam verificar quem recebeu a vacina contra a gripe suína. Aqueles que
tenham sido vacinados serão equipados com uma bracelete munida de um chip RFID, a fim de ser localizados e monitorados.
Para aqueles que não tomaram a vacina, será lhes oferecida no local, caso continuem a recusar, eles serão transportados
para um campo de internamento, de acordo com este testemunho
Fonte: http://www.alterinfo.net/La-police-et-les-militaires-s-entrainent-a-arreter-les-refractaires-au-vaccin_a36855.html  
12- Por que nos escondem que em 1918, foram as pessoas vacinadas que morreram de gripe espanhola, e não as não
vacinadas? Isso quer dizer que elas foram mortas pela a vacina e não pela a gripe?                 
Fonte: http://www.whale.to/vaccine/sf1.html
13- Por que nos escondem que todas as epidemias do século 20 foram provocadas por campanhas de vacinação?                                                                                                                           
Fonte: http://www.vaccinationdebate.com/web2.html (uma de muitas fontes)
14- Por que autorizam a adição de esqualeno na futura vacina contra a gripe H1N1, quando esse adjuvante foi
explicitamente reconhecido como responsável pela síndrome da Guerra do Golfo que, adoeceu 180.000 GI?s
(25% dos soldados) após a injeção da vacina contra o anthrax? Saiba que o esqualeno foi proibido por um juiz federal em 2004!
Fonte: http://www.rense.com/general87/mill.htm  
15- Por que 50% dos médicos ingleses recusam-se a tomar a vacina contra o H1N1, será que eles não confiam no
procedimento de preparação?
Fontes: http://www.healthcarerepublic.com/news/935745/Exclusive-GPs-may-reject-swine-flu-vaccine/
             http://www.pulsetoday.co.uk/story.asp?sectioncode=35&storycode=4123491&c=2  
16- Porque nos apresentam o Tamiflu como um antiviral eficaz, quando todas as campanhas de utilização deste produto
foram catastroficamente ineficazes? Mais, este medicamento provoca desordens psicológicas e neurais, provocando
em alguns casos suicídios dos consumidores!
Fontes: http://www.bmj.com/cgi/content/abstract/339/aug10_1/b3172
             http://www.independent.co.uk/life-style/health-and-families/health-news/tamiflu-researchers-warn-of-child-
nightmares-1765431.html
17- Por que as autoridades sanitárias, que supostamente querem o nosso bem estar e proteção, autorizam que um
 novo tipo de vacina (segundo suas palavras) seja testado diretamente em centenas de milhões de cobaias
(ou seja, nós), sem que os protocolos normais de comercialização sejam respeitados, e sem nenhuma garantia de
segurança da dita vacina ?
Fonte: http://www.santelog.com/modules/connaissances/actualite-sante-essais-cliniques-du-vaccin-anti-ah1n1-12.000-enfants-
am%C3%A9ricains-concern%C3%A9s-_1683.htm
18- Rapaz de 26 anos saudável, no Paraná, sem qualquer enfermidade toma vacina H1N1 e iniciam os sintomas horas depois
e vai a óbito. Horas após tomar a vacina H!N!, inicam os sintomas de febre alta e vômitos. Tomou tamiflu. Atestado de óbito:
GRIPE SUÍNA.
Fonte:  http://www.youtube.com/watch?v=h42FHdAhpRs

19- Vejam o vídeo de uma jovem atleta que tomou a vacina ficou com uma gravíssima doença neurologica.
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=f6mAkZZIn7g&NR=1

20- Médico fala Sobre Toxicidade da Vacina da Gripe A
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=kQaY4qPWNCQ&feature=related

21- Vacina contra a gripe A pode provocar síndrome fatal. TV de Portugal
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=j8Xlnq-3rB4&NR=1

22-  Criança adoece gravemente após tomar vacina H1N1
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=6_naYdlISGo&NR=1

23- Veja como manipularam as estastísticas com interêsse financeiro de políticos e laboratórios podendo causar
doenças colaterais COM IMPUNIDADE ASSEGURADA, conseguentemente com muitos óbitos.  oS DADOS REAIS
REVELAM A GRANDE MENTIRA DA GRIPE SUINA E DA VACINA H1N1. Onde andará a justiça? Onde andará a
verdadeira medicina?
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=LnylquQ6DbA&NR=1

24- Vejam o absurdo. Senado Americano APROVA: Vacinação obrigatória, ou 1000 dólares de multa DIÁRIA ou 30
dias de prisão. Uma gripe menos perigosa que a gripe comum. Mas a vacina H1N1 é quase uma arma. iMAGINEM SE
ELES FOSSEM DO TERCEIRO MUNDO!
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=nFSF0Lj0rRw&feature=related

25- As pessoas que tomassem a vacinas seriam rastreadas pela instalação de uma pulseira no braço com um
CHIP. Graças a Deus e a pessoas dispostas a lutarem pela saúde, as informações foram descobertas.
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=AqymBJhSMKk&NR=1

26- A Polônia, seguiu a sábia orientação de sua ministra de Saúde da Polônia, Dra Ewa Kopacz e não comprou a
VACINA H1N1. Por que será que "caiu" o avião com o presidente da Polônia e seus governantes? Eles desobedeceram a
DITADURA MUNDIAL DO ANTICRISTO, OS ILLUMINATI?
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=tK0huWwLkTQ
          http://www.youtube.com/watch?v=caYeTf8tQq4&NR=1

27- Foi acidente ou abateram o  AVIÃO POLONÊS com todo o seu governo, inclusive o presidente do país e o
presidente do banco central que se recusou as seguir as orientações dos ILLUMINATI do FMI?  Leiam o livro
CONFISSÕES DE UM ASSASSINO ECONÔMICO do autor John Perkins: quem não negocia com o FMI é assassinado.
O governo polonês também foi o primeiro a se recusar a OBRIGATORIEDADE DE COMPRAR AS VACINAS CONTRA O VIRUS
DA GRIPE SUÍNA H1N1.
Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=6wd-MgP5l50

28- A MONJA espanhola Dra TERESA FORCADES, MÉDICA da Saúde Pública relata fatos verídicos sobre a vacina H1N1, e alerta
que um laboratório enviou vacinas para outro laboratorio, onde, por sorte, um técnico fez testes e encontrou vírus
vivos na vacina
, o que causaria uma pandemia global. E que a gripe suína mata menos que a gripe comum.
E a vacina H1N1 traz mais risco à saúde do que benefícios.
Fonte: 
1 de 5    http://www.youtube.com/watch?v=U6lKXzcRERY&feature=related
2 de 5    http://www.youtube.com/watch?v=prgc6Uz3Cmo&feature=related
3 de 5    http://www.youtube.com/watch?v=w1wvZlYnOAU&feature=related
4 de 5    http://www.youtube.com/watch?v=YP62SzY-Om8&feature=related
5 de 5    http://www.youtube.com/watch?v=1x-6-VjqzeE&feature=related

29- Ministério da Saúde do Brasil: há risco de FALSO RESULTADO POSITIVO DE HIV APÓS VACINA H1N1 (23/05/2010)
BRASÍLIA – O Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde, liberou uma nota técnica número
128/2010 sobre a possibilidade de resultados falso-positivos em testes imunoenzimáticos para HIV entre pessoas que
receberam a vacina contra Influenza A (H1N1). A nota, que você pode ler na íntegra logo abaixo, é categórica ao afirmar
que deve-se ter muita cautela na divulgação dos resultados. Ela está circulando de maneira restrita entre médicos. A nota diz
ainda que tal fato foi constatado em exames feitos após a vacinação. “Isso ocorre porque ao tomar a vacina, o corpo começou
a produzir anticorpos Imunoglobina M (IgM), que é produzido diante da primeira exposição a um antígeno”, afirma. A seguir,
a íntegra da nota:Saúde alerta sobre risco de resultado falso positivo em testes de HIV de pessoas que tomaram vacina
contra H1N1
 O Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, através do Ministério da Saúde, orientou aos serviços de saúde sobre a
possibilidade de obtenção de resultado falso positivo em testes imunienzimáticos, realizados para detectar anticorpos contra
o vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) do tipo 1.
 De acordo com a Nota Técnica nº 02/2010 – GGSTO/DIDBB/ANVISA, de 08 de março de 2010, devido à forma acelerada de
produção industrial da vacina contra do vírus da Influenza A (H1N1), com a utilização de novas tecnologias de produção e
adjuvantes, não há no momento dados disponíveis sobre todos os efeitos adversos, porém foi observado que pessoas que
tomaram a vacina, ao fazer o teste de HIV-1 apresentaram resultado falso positivo, ou seja, os resultados indicam que o vírus
está presente, quando, na verdade, não está.
 Isso ocorre porque ao tomar a vacina, o corpo começou a produzir anticorpos Imunoglobina M (IgM), que é produzido diante
da primeira exposição à um antígeno. E reações não específicas ou a presença de anticorpos dirigidos a outros agentes
infecciosos que podem ser antigenicamente similares ao HIV podem produzir resultados falso positivo no teste.
Segundo a orientação, em caso de amostras reagentes nos testes de HIV-1, é recomendada a realização de outro teste para
verificado o resultado, sendo que este segundo não deve ser reagente em caso de reação cruzada com anticorpos produzidos
em resposta à vacina contra o vírus Influenza A.
Porém, o resultado negativo nestes testes, não descarta a infecção pelo HIV, já que o paciente pode estar no estado de soro
conversão, ou ainda, estar com outra enfermidade que interfira nos resultados do teste de HIV.
 Nestes casos, a investigação deve ser realizada até o resultado final do diagnóstico para o vírus, ou até que a reatividade
cruzada da IgM produzida contra a vacina seja desfeita em relação aos testes de HIV-1.
 Os profissionais de saúde ficam responsáveis pelo diagnóstico sorológico do HIV-1, e devem informar aos pacientes que
receberam a vacina contra o vírus H1N1, sobre a possibilidade de resultado falso-positivo nos testes que detectam o vírus da
Aids. Caso necessário, também devem convocar os pacientes para a realização de nova coleta após 30 dias, até que o
diagnóstico seja definitivo.  Para conferir a nota, disponível também nos sites

FONTES
www.aids.gov.br (links documentos e publicações, lista completa):
http://www.aids.gov.br/data/documents/storedDocuments/%7BB8EF5DAF-23AE-4891-AD36-1903553A3174%7D/%7BD978B7B8-
5B67-4874-A118-CB2D1F1B4B92%7D/NT%20128_2010.pdf
.

http://jbonline.terra.com.br/pextra/2010/05/21/e210516094.asp
                                            

30- Vacina Para Gripe H1N1 A Verdadeira Pandemia
Posted: 30 May 2010 05:11 PM PDT
Não é a primeira vez que estamos sujeitos à charlatanice sem evidências científicas da
eficácia de um medicamento ou vacina. Já aconteceu antes com o hiv e o método foi
bastante similar. Através do pânico difundido por governos, imprensa e supostos
especialistas médicos cria-se uma onda de medo onde a população fica disponível
para tudo incluindo a famosa banha da cobra. Só que esta banha da cobra vem da
medicina que supostamente seria científica mas o que vemos acontecer é que hoje
em dia considera-se uma vacina segura pela propaganda e não por testes científicos.
Vemos a Ministra da Saúde, o Director Geral da Saúde, o representante da Ordem
dos Médicos e dos Enfermeiros entre outros, afirmar que uma vacina não testada,
é segura. Não sei se isto cabe na cabeça de alguém mas na minha não cabe nem é
possível entender que se possa fazer este tipo de afirmações sobre uma vacina não
testada e com adjuvantes que é bem sabido causarem problemas de saúde.

Também não se entende que casos como o da Baxter que tentou disseminar 2 vírus que
 juntos são extremamente perigosos não venham na imprensa e sejam completamente
abafados incluindo pelos governos que continuam fazendo negócio com a Baxter como
se nada se tivesse passado. A Baxter só mandou 72 quilos de material para
vacina infectados para 16 laboratórios com 2 vírus, um influenza e outro gripe
aviária. Se um zeloso técnico Checo não tivesse decidido testar o material em
furões = roedor grande (morreram todos), hoje estaríamos frente a uma
verdadeira epidemia. A intenção criminosa da Baxter é evidente pela razão de que seria impossível ter acontecido
a contaminação por acidente devido ao nível de segurança exigido para lidar com estes materiais. Além disso um
produto final em que não houve controle de qualidade é mais que suspeito.

Também não se entende a propaganda excessiva á volta desta pandemia fictícia e vermos que OMS, ONU e CEE estão envolvidas
nessa propaganda sendo até os maiores promotores do medo, dá muito que pensar e levanta a questão de: afinal estamos nas
mãos de quem? Estas organizações e entidades zelam por nós ou servem apenas interesses obscuros e nada éticos? Como ainda
tem gente que confia na ONU, OMS, CEE é que me surpreende como me surpreende que ainda se confie em nossos políticos ao
serviço das corporações sem nenhuma ética e moral que para atingir seus objectivos estão pouco se lixando se matam 10 ou
10,000. E nossos governantes são cúmplices dessas atrocidades e por isso é caricato ver tanta gente ainda a dormir a gritar PS
ou PSD quando as evidências são quase diárias.

Estas coisas só se entendem no contexto da NOVA ORDEM MUNDIAL e de seus planos em eliminar dois terços da
população. Kissinger, Rockefeller, Rothschild são dos maiores promotores do EUGENISMO E GENOCÍDIO MUNDIALl,
tudo para bem do planeta e da população claro. Esta triste realidade demonstra que essa gente vive num mundo
completamente à parte e olha o ser humano comum como um animal servidor que existe apenas para servir a elite. Eles estão
acima de nós e acham-se no direito de decidir por nós como seres inferiores que somos, pelo menos é essa a visão deles,
confirmada pela passividade de grande parte da raça humana, pela crença sem sentido em criminosos e pela negação de que
quem está em cima nos vê como animais. Poucos conseguem aceitar que somos carne para canhão apenas, uma força de
trabalho, cobaias de tudo e mais alguma coisa, e pior somos as ovelhas a correr alegremente para a matança berrando
alegremente PS, PSD, Sócrates, Manuela, CEE, ONU. viva, viva, bééeéé... ups Chlack. Já não se ouve nenhum berrar, as ovelhas
morreram felizes em sua ilusão.
 Jane Burgermaister
  Última actualização em Segunda-Feira, 17 de Agosto de 209 16:46
Escrito por Jane Burgermeister Terça-Feira, 21 de Abril de 2009 20:34

Em Fevereiro de 2009, a subsidiária Austríaca da Baxter em Orth an der Donau manufacturou e distribuiu 72 quilos
de material de vacina contaminado com vírus H1N1 para 16 laboratórios em quatro países, incluindo a Áustria, e
assim quase despoletou uma pandemia, de acordo com o The Times of India.

O material de vacina contaminado consistia de uma mistura do vírus influenza humana sazonal H3N2 e do mortífero vírus H5N1.
Ao juntar um vírus do tipo H5N1 com um vírus vulgar de gripe do tipo H3N2, a Baxter produziu uma arma biológica alarmante
perigosa. A WHO (OMS) forneceu à Baxter o vírus vivo da gripe das aves. Um membro da equipe de funcionários de um
laboratório subcontratado na República Checa descobriu esta combinação letal, quando todos os animais
testados morreram desta vacina.

Como a Baxter é obrigada a usar precauções BSL 3 (Biosafety Level 3/Bio-Segurança Nível 3) em seus laboratórios quando
manuseia o vírus H1N1 (classificado como agente biológico, BSL3 ou 4 sob regulamentos da UE), a aplicação dessas medidas de
segurança tornam a contaminação acidental de material do vulgar vírus influenza pelo perigoso H1N1 impossível.

Em outras palavras, esta contaminação e distribuição mortal foi quase de certeza devido a intenções criminosas. Trinta e seis
pessoas tiveram de ser hospitalizadas preventivame
nte na Áustria e na República Checa devido á sua exposição a esta vacina
contaminada, sublinhando o perigo.

Em 8 de Abril, eu abri o meu primeiro conjunto de acusações criminais com o Procurador da Cidade de Viena e a polícia na Áustria
está agora a investigar. Subseqüentemente eu abri mais processos contra o encobrimento pelo Governo da Áustria
em Julho, um incidente de bio-terrorismo em um comboio Suíço em Abril e um conjunto de processos no FBI na
Embaixada  dos EUA em Viena em Junho sobre o despoletar da "Gripe A/Suína).
Publicada por amalux DC Etiquetas: Gripe A, Vacinas
A Ministra da Saúde da Polónia e médica de família Ewa Kopacz disse que apenas assinaria um contrato para a vacina(s) da gripe
A se as companhias farmacêuticas estiverem de acordo em aceitar responsabilidade e tomarem responsabilidade em pagar
compensações no evento das vacinas causarem danos ou morte.

"Eu irei assinar apenas quando as companhias farmacêuticas tomarem a responsabilidade da vacina. Eu garanto-o." disse Kopacz
na TV Polaca.

A relutância das companhias farmacêuticas em aceitar qualquer responsabilidade abasteceu medos de que as companhias
farmacêuticas estão bem cientes de como estas vacinas são potencialmente danosas, especialmente para as crianças e grávidas,
e posicionaram-se a si próprios em avanço para evitar reinvidicações.

As companhias farmacêuticas não conduziram estudos clínicos das novas vacinas contendo mercúrio e esqualeno. A segurança
e eficácia da(s) vacina(s) para a gripe A não tem de ser provada antes de ser administrada a pessoas sob directivas especiais
aprovadas de vacinação em emergência pandémica emitidas pelo regulador Europeu dos Medicamentos, EMEA.

A União Europeia passou também um decreto que confere imunidade completa às companhias farmacêuticas no caso das suas
vacinas causarem danos se uma emergência for declarada.
Publicada por amalux DC Etiquetas: Gripe A, Vacinas
Tão pouco como 2% de trabalhadores dos cuidados de saúde em alguns hospitais de França tomaram a vacina de acordo com o
Ministro da Saúde Francês apesar da intensa campanha publicitária dos media acerca da pandemia de gripe A e da pressão do
governo para que 100% dos profissionais de saúde tomem a vacina.

No total, 80,000 de 800,000 médicos e enfermeira/os e trabalhadores de cuidados de saúde tomaram a vacina em França na
primeira fase da campanha de vacinação em massa para a gripe A, reporta o Jornal Internacional de Medicina.

O responsável do departamento de higiene e microbiologia reporta que apenas 91 dos 1,900 funcionários da sua equipe
tomaram a vacina para a gripe A em 6 de Novembro, o que resulta em 4%.

Este é o relatório em Francês:

Vaccination des professionnels de santé : ça ne se bouscule quand même pas !

Mardi, 10 Novembre 2009 14:58

ne semble pas avoir l’optimisme arithmétique (...) : « On a parlé de désaffection des professionnels de santé pour la vaccination,
de début poussif, certains ont même parlé d’échec, un de ces experts (…) a même parlé de bide. Qu’en est-il vraiment ? Je vous
laisse juge : ils seront ce soir plus de 80 000 praticiens hospitaliers, médecins et infirmiers de ville à être vaccinés. Je dis bien
80 000 ». Ces chiffres méritent-ils cependant tant d’être répétés ? Au regard des 800 000 professionnels de santé principalement
visés par la campagne et du million de soignants que compte la France, il semble que moins de 10 % des personnes visées aient
pour l’heure répondu à l’appel.

34 praticiens libéraux immunisés pour un bassin de population de 300 000 personnes !

C’est d’ailleurs ce dont témoigne également des chiffres rendus publics la semaine dernière. Ainsi, mercredi 4 novembre,
l’Assistance publique des hôpitaux de Paris recensait 7 000 vaccinations, soit moins de 10 % de ses effectifs. Le lendemain, dans
un communiqué commun, MG France, la Coordination médicale hospitalière et le Syndicat national de médecins, chirurgiens,
spécialistes biologistes et pharmacien des hôpitaux publics (SNAM-HP) indiquaient que seuls 7 % des professionnels de santé
hospitaliers auraient choisi de se faire vacciner. Par ailleurs, des données officielles du ministère de la santé confirmaient que selon
les établissements, la couverture vaccinale variait entre 2 et 10 %. Sur le terrain, les informations délivrées par les praticiens
responsables de la vaccination confirment ce que Roselyne Bachelot refuse de devoir appeler une « désaffection ». Ainsi, le chef
du service « microbiologie et hygiène » d’un établissement francilien, contacté par le JIM, indique qu’au sein de son hôpital comptant
1 900 personnes, seules 91 avaient choisi de se faire immuniser vendredi 6 novembre, ce qui correspond à 4 % du personnel.
Concernant les praticiens libéraux, le spécialiste soulignait qu’au vu des demandes de rendez-vous enregistrées et des personnes
s’étant déjà présentées à l’hôpital, une trentaine serait vaccinée « avant l’ouverture des centres dédiés ». Ces résultats concernent
un établissement situé dans un bassin de population comptant 300 000 personnes… qui bénéficieront donc le 12 novembre de 34
praticiens libéraux immunisés !

Roselyne Bachelot vaccinée le 12 novembre !

A l’heure des questions des journalistes, ce matin, l’équipe de Roselyne Bachelot se montrait un peu moins triomphaliste. Ainsi,
le directeur général de la Santé, Didier Houssin, confirmait qu’il s’agissait d’un « faible pourcentage », qu’il évaluait « autour de
10 % ». Cependant, il soulignait qu’il était sans doute « un peu tôt pour juger de la couverture vaccinale ». Dans la lignée de son
directeur général de la Santé, le ministre tempéra également son enthousiasme en remarquant que si les chiffres étaient
« encourageants », ils n’étaient pas « satisfaisants ». Elle tint cependant à rappeler que de nettes différences prévalaient en
fonction des hôpitaux, non seulement en raison d’organisations logistiques diverses, mais aussi en fonction « de l’histoire de
l’épidémie ». « Je pense par exemple à cet hôpital où deux nourrissons et deux femmes enceintes ont été hospitalisés » souffrant
de formes sévères de la grippe A (H1N1), et où « les demandes de vaccination ont été beaucoup plus importantes » observe-t-elle.
Quelques minutes plus tôt lors de son exposé, le ministre avait évoqué le « décès dramatique d’une patiente au CH de Nice la
semaine dernière très vraisemblablement contaminée au sein même de l’hôpital [qui] doit rappeler chaque professionnel,
chaque personne au contact des plus fragiles d’entre nous au sens des responsabilités ». Et pour témoigner qu’elle n’hésite pas
elle-même à prendre ses responsabilités, Roselyne Bachelot a annoncé qu’elle se ferait vacciner le jeudi 12 novembre. Elle
confirmera ainsi qu’elle fait toute confiance aux premiers rapports de pharmacovigilance qui ne font apparaître aucun trouble
majeur associé à la vaccination contre la grippe A (H1N1). Ainsi, pour 50 000 personnes immunisées, une trentaine d’effets
indésirables « d’intensité bénigne à modérée » ont été rapportés.

Source : Journal International de Médecine (inscription gratuite requise)
http://www.jim.fr/en_direct/pro_societe/e-docs/00/01/B6/19/document_actu_pro.phtml
Publicada por amalux DC Etiquetas: acção democrática, Gripe A, Vacinas
Veja a grande diferença entre uma Ministra que se preocupa com seus cidadãos (a da Polónia) e de uma Ministra vendida à
indústria farmacêutica (a nossa...)


A Ministra da Saúde Polaca Ewa Kopacz disse ontem numa conferência de imprensa transmitida pelo canal de televisão Polaco
TVN24, que o Governo irá rejeitar vacinação em massa da população contra a "gripe suína" por causa de preocupações com a
segurança da vacina.

Kopacz disse que o Governo iria basear a sua decisão em usar a vacina da gripe A baseado em dados de estudos clínicos
 credíveis, mas não existem esses dados credíveis para as vacinas da gripe A.

"Não vamos encomendar nenhuma vacina H1N1 a menos que exista evidência completa de que são completamente seguras,"
disse a Ministra.

"Cada Governo é responsável pela saúde e bem estar de seus cidadãos, por recomendar-lhes tratamentos saudáveis e seguros.
Até agora, em nenhum momento, nenhuma companhia com que estamos negociando foi capaz de providenciar-nos a coisa
mais importante para nós - a evidência da segurança das vacinas e que não irá ter possíveis efeitos secundários," disse a Ministra.

"Não irei trabalhar sob pressão! Nós não iremos encomendar nenhuma vacina para a gripe H1N1 a menos que haja completa
evidência de que são completamente seguras," disse Ewa Kopacz.

Ewa Kopacz também disse que a gripe comum sazonal é muito mais perigosa que a "gripe suína".
Esta é uma tradução palavra por palavra de um segmento de 39 segundos da conferência de imprensa:

"Não vamos nos preocupar acerca de se (a vacina para a gripe A) vai chegar à Polónia. O problema é outro: quando aqui
chegar,(a vacina) tem de ser segura. Não vai ser um caso de "não temos certeza de se é segura mas vamos comprar de
qualquer forma para os grupos de risco.
Ninguém me convencerá a isso. Se o fizermos (comprar a vacina), deverá ser segura de forma a que possa ser recomendada
olhando directamente nos olhos dos Polacos, e especialmente para aqueles que irão ter o máximo contacto com pacientes
doentes- em primeiro lugar os médicos, que têm de garantir que a vacina é uma medida profiláctica, não um placebo, não algo
que possa causar efeitos adversos no futuro, mas uma vacina que lhes irá garantir imunidade, então por favor dêem-nos um
pouco de tempo", ela disse.

The Polish Health Minister downplayed the dangers of the swine flu pandemic.

A Ministra da Saúde da Polónia minimiza os perigos da pandemia de gripe A.

"Não devíamos estar preocupados se a vacina vai estar pronta a tempo. Mas se é segura em primeiro lugar. Não iremos dar ás
pessoas uma vacina-placebo, não iremos seguir qualquer rumor, mas iremos basear nossas decisões em testes clínicos
credíveis. Até agora esses não existem esses testes," disse a Ministra.

O Governo da Polónia também se ofereceu para ajudar a Ucrânia a lidar com a sua pandemia.

O Governo Polaco ofereceu ajuda aos Ucranianos com testes de laboratório para o vírus que misteriosamente emergiu na
Ucrânia.
É altamente pouco provável que as autoridades Ucranianas irão dar amostras do vírus a laboratórios independentes para testar
se contém vírus H5N1 como algumas fontes indicaram.

Adicionalmente, a Polónia está a enviar máscaras cirúrgicas, vitaminas e medicamentos para assistir a Ucrânia.

A declaração do Ministério da Saúde da polónia indica que pelo menos um governo na Europa não foi subornado, chantageado
ou aterrorizado pela indústria farmacêutica e OMS para a vacinação forçada de seus cidadãos com vacinas não testadas e tóxicas
e a ceder controle de seu país.

O protesto tem muito a ver com os esforços de pessoas como Krzysztof Tarnawski, Michał e Marisha Siemaszko, e Marek
Podlecki.

Fonte:  POLISH HEALTH MINISTER REJECTS UNTESTED SWINE FLU JABS
          
http://www.theflucase.com/

Publicada por amalux DC Etiquetas: Gripe A, Vacinas
Mike Adams - NaturalNews - Terça-Feira, 3 de Nov, 2009

A notícia saíu: Vitamina D é melhor que a vacina para a gripe A na contenção de infecções pelo H1N1. De facto, em
primeiro lugar, sem vitamina D, as chances são de que a vacina não irá gerar uma resposta imunitária suficiente.

Isso porque a vitamina D é essencial a uma saudável função imune activa. Essa é apenas uma das razões porque pessoas
espertas estão escolhendo a vitamina D em vez da vacina para a gripe A. Aqui estão mais dezanove razões:

#1 A vitamina D activa o seu sistema imunitário para responder a qualquer exposição víral (não apenas um vírus).

#2 A vitamina D pertence naturalmente no seu corpo.

#3 A vitamina D tem funcionado como medicina no corpo humano desde o início da espécie humana.

#4 A vitamina D está disponível agora mesmo e não existe falta dela.

#5 A vitamina D não irá provocar que seu cérebro inche e o ponha em coma.

#6 A vitamina não requer uma injeção com uma agulha assustadora.

#7 A vitamina D encontra-se naturalmente em muitas comidas como as sardinhas ou o salmão.

#8 A vitamina D tem um registro de segurança perfeito. Nunca ninguém morreu por a consumir.

#9 A vitamina D tem um preço atrativo. Você até pode tê-la grátis (pela luz solar).
Vitamin D is affordable. You can even get it for free (from sunlight).

#10 A vitamina D não contém fragmentos virais de animais doentes (como muitas vezes as vacinas têm).

#11 A vitamina D não contém thimerosal (mercúrio) ou outros preservantes químicos.

#12 Vitamina D não precisa de uma bula de aviso descrevendo possíveis efeitos secundários.

#13 Vitamina D não magoa o seu braço quando a toma.

#14 A vitamina D também melhora o metabolismo do açúcar, densidade óssea e modos saudáveis.

#15 A vitamina D é segura para o ambiente.

#16 Vitamina D não contém esqualeno ou outros adjuvantes químicos inflamatórios.

#17 A vitamina D funciona em toda a gente e é segura para todos, incluindo crianças e bebés.

#18 A vitamina D é feita na natureza e não num laboratório.

#19 A vitamina D encontra-se naturalmente no leite materno.

#20 Você pode andar, mascar goma, e gerar vitamina D do Sol tudo ao mesmo tempo.

Desista da vacina. Tome mais vitamina D!

E aqui uma pequena rima que escrevi acerca da vacina para a gripe A de que poderá gostar:

The swine flu vaccine was a hoax
All the “science” turned out to be jokes
One quick vaccination
Caused genetic mutation
Turning friendly young girls into blokes

http://www.theflucase.com/Forum/viewtopic.php?f=11&t=66&p=1264#p1264
Publicada por amalux DC Etiquetas: genocidio, Gripe A, nova ordem mundial, terrorismo, Vacinas, venenos sociais

O Presidente dos Estados Unidos Barack Obama (MAÇOM GRAU 33
DA MAÇONARIA PRINCE HALL - Washington - EUA), a Dra.
Margaret Ch
an da OMS e o Dr. Thomas Frieden do CDC americano,
são procurados por Bio-Terrorismo, Crimes Contra a Humanidade,
Genocídio e Conspiração para Cometer Assassínio em Massa.

BIO-TERRORISMO é terrrorismo por intencionalmente libertar ou
disseminar agentes biológicos (bactérias, Vírus ou Toxinas).

De acordo com o CDC americano (Center for Disease Control and Prevention): Um ataque bio-terrorista consiste no espalhar
deliberadamente vírus, bactérias ou outros germes (agentes) usados para causar doença ou morte nas pessoas, animais ou
plantas.Estes agentes são tipicamente encontrados na natureza, mas é possível que possam ser alterados para aumentar a
ua habilidade em causar doença, serem mais resistentes a medicamentos ou aumentar a sua capacidade de disseminação
no ambiente.

Artigo original em TheFluCase.com

É evidente que o vírus da gripe A H1N1 foi criado em laboratório pois não existe estirpe que o anteceda. Os vírus da gripe que
conhecemos têm ascendência e vão sofrendo mutações ao longo do tempo ou extinguem-se. Mas este é distinto, é um vírus
promíscuo que junta 3 genes de 3 gripes diferentes de diferentes partes do mundo. Se algum cientista conseguisse explicar
como é isso possível sem que tenha sido criado em laboratório seria muito esclarecedor. Este é o primeiro ponto a considerar
nesta operação genocída levada a cabo pela ONU através da OMS.

O segundo ponto é o facto da ONU ter fornecido á Baxter os vírus usados para contaminar 72 quilos de material para vacina que
foram distribuídos para 16 laboratórios em 4 países europeus. Claro que a imprensa nada divulgou acerca deste caso nem o do
"acidente"  num comboio com materal contaminado por vírus, excepto o Times da India que relatou o caso. Nem ONU nem CEE
deram importância ao caso mas disseram que iam investigar, para ficar em águas de bacalhau já que são tão culpados como
a Baxter. No entanto cidadãos conscientes não deixaram o caso morrer e fizeram queixas crime contra a Baxter exigindo
investigação criminal.

O terceiro ponto é o facto de nossos governantes e autoridades de saúde promoverem uma propaganda de vacinação em
massa mentindo com quantos dentes têm alegando que a vacina é segura quando não existem provas da sua segurança e
existem muitas dos perigos dos adjuvantes como mercúrio (Thimerosal) e do esqualeno. Se não houvesse perigo Angela Merkel
não teria encomendado para os funcionários governamentais e militares, vacinas sem adjuvantes enquanto para a população
encomendou vacinas com adjuvantes.
Existe hoje evidência que a imprensa e os governos europeus e outros com certeza receberam dos laboratórios duas listas,
uma verde e uma vermelha, em que na lista verde está descrito aquilo que podem dizer á população e que é quase nada e a
lista vermelha com o que é confidencial. Afinal quem manda aqui são mesmo as corporações.

Temos ainda o facto de sermos cobaias sem direitos. Se a vacina fosse tão segura como afirmam nossa Ministra da Saúde, o
Director Geral da Saúde e a Bastonária da Ordem dos Enfermeiros, qual a necessidade de os laboratórios exigirem imunidade
contra efeitos secundários? Somos cobaias sem direito sequer a pedir uma compensação em caso de efeitos secundários ou
morte devido á vacina contra a gripe A H1N1.

Já não se trata de "teorias da conspiração". Trata-se de muitos factos e evidências, tantos que não é possível relatá-los todos.
Querem-nos matar assim como esterilizar e a ONU vai fazendo seu papel de governo mundial na nova ordem mundial que a
elite como Rockeffeler, Rothschild, Rand, Famílias Reais entre outros querem impôr ao cidadão comum. Felizmente parece que
o mundo está a acordar como demonstra a recusa da maioria da população em tomar a vacina. A propaganda e o medo desta
vez não teve o efeito desejado e é bastante animador ver que não estamos dispostos a ser vítimas das tentativas genocídas
desta elite sem escrúpulos.

Mais uma boa notícia que até me deixou admirado. A Ministra da Saúde Polaca afirmou que não vai encomendar vacinas e
que omais importante é saber primeiro se a vacina é segura ou não. Parece que os Polacos não foram comprados pelas
farmacêuticasao contrário do que acontece aqui em Portugal e resto da Europa. Grande diferença de declarações entre nossa
Ministra e a Polaca não é? Qual delas faz mais sentido? É evidente que são as declarações de bom senso da Ministra Polaca.

Assim quais seriam os nossos "Procurados" por mentiras e cumplicidade em planos nada éticos que pôem em perigo a saúde e
vida dos cidadãos?
Publicada por amalux DC Etiquetas: Gripe A, terrorismo, Vacinas, venenos sociais
Última actualização em Segunda-Feira, 17 de Agosto 2009 18:06
Escrito por Jane Burgermeister em Quinta-Feira, 06 de Agosto 2009 00:00

Nas semanas próximas, você poderá ser forçado a tomar uma vacina tóxica contra a "gripe dos porcos", ser posto em
quarentena e restringido em suas viagens porque a OMS declarou uma emergência de pandemia global do mais alto nível.

Nas semanas próximas, você poderá ser forçado a tomar uma vacina tóxica contra a "gripe dos porcos", ser posto em
quarentena e restringido em suas viagens porque a OMS declarou uma emergência de pandemia global do mais alto nível,
denominada nível 6, e assim despoletou lei marcial global apesar da evidência de que a gripe A ou gripe dos porcos é inofensiva.

Como resultado desta declaração de pandemia nível 6, os EUA, Europa e outros países passaram de lei civil para lei militar.

A recusa da vacinação mandatória da OMS foi criminalizada sob orientações relacionadas com emergências de saúde públicas.
A polícia pode usar força mortal contra "criminosos suspeitos", o que significa, podem levar você para a prisão ou mesmo
vaciná-lo contra sua vontade.

Existe, no entanto, evidência científica de que a vacina mandatória da OMS será tóxica e potencialmente mortal.

A OMS desenvolveu um método de usar vacinas para matar pessoas em três passos os quais foram descritos em memos
datados desde 1972 numa abordagem tri-partida, enfraquecer o sistema imunitário, injectar uma dose maciça de vírus no corpo,
que o sistema imunitário enfraquecido não pode enfrentar e injectar um adjuvante que irá causar uma reacção inflamatória e
uma tempestade de citoquinas e assim matar em três passos como foi esboçado nos memos de 1972 da OMS.

Também, as vacinas irão ter o adjuvante squalene conhecido por causar a Síndrome da Guerra do Golfo. A vacina irá ser
apressadasem qualquer teste de segurança clínico adequado.

http://theflucase.com/index.php?option=com_content&view=article&id=972%3Avacinacao-em-massa-forcada&catid=1%3
Alatest-news&Itemid=64&lang=en

77- O CONTO DA VACINA SUÍNA - FOLHA.COM - Marcelo Leite - 09/06/2010-00h02
FONTE:  
 http://www1.folha.uol.com.br/colunas/marceloleite/747637-o-conto-da-vacina-suina.shtml

O Congresso Nacional anda muito ocupado em representar os interesses da bancada ruralista. Não fosse isso,
bem que poderia investigar a atuação do Ministério da Saúde no combate à gripe pandêmica, ou suína, causada
pelo vírus influenza A (H1N1).
É o que está fazendo o Conselho da Europa (não confundir com o Parlamento Europeu) com a OMS
(Organização Mundial da Saúde) e as autoridades de saúde de seus 47 Estados-membros.
Um relatório
devastador as acusa de favorecer a indústria farmacêutica no enfrentamento da nova gripe.
A investigação parece necessária, no Brasil, não tanto para desencavar corrupção, preferência nacional, mas
o possível desperdício de ao menos parte do R$ 1,3 bilhão na compra de 113 milhões de doses da vacina
antigripe.Foram imunizados até a semana passada 73,2 milhões de brasileiros, 37% da população
.
Até 8 de maio, 2.115 mortes haviam sido atribuídas no país ao H1N1. Muito menos que as 140 mil vítimas
(0,4% de 35 milhões de infectados) que chegaram a ser aventadas na imprensa, depois que a declaração de
pandemia pela OMS --exatamente um ano atrás-- lançou o mundo numa espiral de previsões alarmistas.
Para comparação: os Estados Unidos vacinaram 24% da população e estimam as mortes em 12.470.
A França imunizou 8% e teve meros 312 óbitos. No mundo todo houve cerca de 18 mil vítimas do H1N1,
uma cifra baixa, de ordem comparável ao número de mortes causadas pelas gripes sazonais.
O Ministério da Saúde apresenta os números brasileiros como indicadores do sucesso de sua estratégia. Mas
eles também sugerem outras hipóteses: 1) Não parece haver relação direta entre cobertura vacinal e
proporção de mortes pelo H1N1; 2) Nações desenvolvidas podem ter reagido de modo tecnicamente mais
adequado à real gravidade da pandemia.

França X Polônia
Não é fácil tomar decisões no calor da hora. Sobretudo quando entra em cena o espectro da gripe espanhola
de 1918, com dezenas de milhões de mortos. O instinto de sobrevivência do político sempre fala mais alto.
O governo francês chegou a contratar a compra de 94 milhões de doses da vacina. Diante da progressão l
enta dadoença e da letalidade similar à da gripe sazonal, conseguiu cancelar a compra de 50 milhões de doses,
que terão sido destinadas a outros países. O Brasil, quem sabe?
Mais sangue frio teve a ministra da Saúde da Polônia, destaca o documento do Conselho da Europa. Médica,
Ewa Kopacz chegou a identificar um grupo de risco com 2 milhões de pessoas e reservou fundos para comprar
o número correspondente de vacinas. Logo recuou, contudo, diante das condições leoninas dos fabricantes.
Em primeiro lugar, só o governo poderia adquirir as vacinas. Em segundo, ele teria de se responsabilizar sozinho
por possíveis efeitos colaterais. Por fim, o preço seria duas a três vezes maior que o de vacinas para a gripe
sazonal.
A França micou com uma conta de R$ 800 milhões pelas vacinas. Imunizou só 5,7 milhões de pessoas.
Tem 25 milhões de doses em estoque cujo prazo de validade vai só até o final do ano.
 
O papelão da OMS
Na mira do Conselho da Europa e de publicações médicas como o "British Medical Journal" está o papel
desempenhado pela OMS na propagação do alarmismo. São duas as suspeitas contra o órgão: 1) mudar a
definição de "pandemia" para facilitar a declaração; 2) ocultar conflitos de interesse de especialistas aos quais
recorreu.
No primeiro caso, incluir a gripe suína na condição pandêmica era de interesse óbvio para a indústria
farmacêutica. Fabricantes de vacinas tinham contratos "dormentes" com vários governos, prevendo garantia
de compra e venda caso a pandemia fosse declarada pela OMS.
Isso ocorreu no dia 11 de junho de 2009, quando o H1N1 estava presente em 74 países (chegaria ao total
de 214). Acontece que, até 4 maio de 2009, a disseminação geográfica não era a única condição para se declarar
uma pandemia.
A definição antiga rezava: "Uma influenza [gripe] pandêmica ocorre quando surge um novo vírus influenza
contra o qual a população humana não tem imunidade, resultando numa epidemia mundial com números
enormes de mortes e doentes"
A nova definição, adotada no texto "Prontidão e Resposta à Influenza Pandêmica: Um Documento de
Orientação da OMS", passou a dizer: "Uma pandemia é uma epidemia mundial da doença. Uma pandemia
de influenza pode ocorrer quando surge um novo vírus influenza contra o qual a população humana não
tem imunidade... Pandemias podem ser suaves ou graves, e a gravidade da pandemia pode mudar no curso
 dessa pandemia".Especialistas ouvidos pelo periódico médico "BMJ" disseram que a gripe suína só pode ser
declarada pandemia graças a essa nova definição. Os números modestos de mortos, à luz da categoria antiga,
não autorizariam o passo dado, que desencadeou o tsunami de notícias alarmistas.
"O problema não está tanto no fato de que divulgar incertezas é difícil, mas sim que a incerteza não foi
divulgada", ponderou Gerd Gigerenzer ao "BMJ". "Não havia base para a estimativa da OMS de 2 bilhões de
casos prováveis de H1N1, e sabíamos pouco sobre os benefícios e danos da vacinação. A OMS manteve a
estimativa de 2 bilhões mesmo depois de a estação de inverno na Austrália e na Nova Zelândia ter mostrado
que só 1 ou 2 pessoas em mil eram infectadas."
 
US$ 10 bilhões de lucro
Segundo projeções do banco J.P. Morgan citados no relatório do Conselho da Europa, a indústria farmacêutica
pode ter lucrado entre US$ 7 bilhões em US$ 10 bilhões adicionais, em 2009, com as vendas de vacinas contra
o H1N1. Havia muita coisa em jogo, além da saúde da população mundial, na decisão de declarar a pandemia.
A declaração foi feita pela diretora da OMS - Organização Mundial de Saúde, Margaret Chan, com a ajuda de
um Comitê de Emergência de 16 membros cujos nomes permanecem até hoje em segredo. Com exceção de
um: Arnold Monto.
O "BMJ" confirmou que Monto tinha integrado o comitê da pandemia por meio de uma biografia sua na página
 de internet da Sociedade Norte-Americana de Doenças Infecciosas. O especialista já declarou no passado ter
recebido honorários por palestras da empresa GlaxoSmithKline, fabricante do antiviral zanamivir (Relenza), um
dos que os governos passaram a estocar às dezenas e centenas de milhões de comprimidos.
A OMS vem se negando, porém, a tornar públicos os documentos de admissão de conflito de interesses que
seus especialistas são obrigados a preencher, de acordo com diretrizes da organização. Afirma que a definição
de pandemia nada tem a ver com quantidade de mortes, defende a necessidade de interagir com a indústria e
atribui todas as suspeitas a "teorias de conspiração".


Uma reação "decepcionante", vaticinou o
"BMJ" - British Medical Journal num editorial.
Como seria a reação do Ministério da Saúde brasileiro, se o Congresso se dignasse
investigar sua conduta?


78- Gripe suína: Quem pagou o preço pela pandemia fantasma? Julio Severo
FONTE
: Como não desconfiar de um governo que só se interessa por aquilo que está no nosso bolso?
Em inglês deste artigo: Swine flu: Who paid the cost for the ghost pandemic  www.juliosevero.com

O que está por trás da campanha “Brasil Livre da Rubéola”?
http://juliosevero.blogspot.com/2008/08/o-que-est-por-trs-da-campanha-brasil.html

Durante muitos meses tenho acompanhado o noticiário internacional e, lendo vários jornais seculares dos EUA
e Inglaterra, um fato ficou claro: a pandemia da gripe suína estava envolta em graves problemas éticos e
médicos, inclusive morte de jovens vacinados. E agora sai a bomba de que a vacinação foi desnecessária.
O jornal inglês Daily Mail denunciou em manchete “A pandemia que nunca existiu: empresas
farmacêuticas ‘incentivaram Organização Mundial de Saúde a exagerar a ameaça da gripe suína’”.
A matéria então diz: “Declarar a gripe suína uma pandemia foi um ‘erro monumental’, impulsionado
por empresas farmacêuticas que, gananciosas por lucros, espalharam medo, concluiu um influente
relatório”. O restante da matéria, em inglês, está aqui.

Há também o artigo “O conto da vacina suína”, publicado pelo jornal esquerdista Folha de S. Paulo,
que expõe os escândalos envolvendo o Ministério da Saúde do Brasil e a Organização Mundial de
Saúde (OMS) e o modo desonesto como a OMS mudou a definição de pandemia exclusivamente para
engordar as empresas farmacêuticas, que lucraram uns 10 bilhões de dólares com a pandemia
fantasma em 2009.Essa é a mesma OMS que mudou também o sentido real da homossexualidade na
década de 1990, retirando-a da lista de comportamentos pervertidos, a fim de atender aos interesses
de multimilionários grupos de pressão política.
Na hora de definir o que é e o que não é, o dinheiro, a pressão e a ganância são uma formidável
persuasão.
Sob essa persuasão, condutas pervertidas são normalizadas e o que não é pandemia se torna
pandemia! Na questão da pandemia fantasma, o que muita gente suspeitava está agora vindo à luz, e
não é de admirar que o número de vacinados não tenha sido elevado nos EUA e Inglaterra, deixando
enormes estoques parados da inútil vacina que custou milhões de dólares que poderiam ter sido mais
bem investidos no bem-estar da população.
Mesmo assim, as empresas farmacêuticas continuam na sua corrida louca para vender suas vacinas
para países trouxas o suficiente para engolir a estória da epidemia generalizada.
Eu poderia ter avisado muito mais o público brasileiro antes, mas o Blog Julio Severo vem há anos
mostrando o óbvio: O governo Lula não merece confiança. Você confiaria num governo que
é a favor do aborto, que representa o assassinato covarde do mais vulnerável e indefeso
dos seres humanos?
O grande responsável pela campanha de vacinação foi o ministro contra a Saúde, José Temporão,
que também é a favor do aborto. Ele vê o aborto simplesmente como “questão de saúde pública”,
de modo que se as empresas farmacêuticas criarem uma vacina que elimine esse “problema” de “saúde”,
o tarado por campanhas de vacinação em massa ficará extremamente feliz de fazer mais uma parceria
com elas.

Apesar disso, a população pensou que poderia confiar num
aspirante a carniceiro.  Foram se vacinar. A obediência —
ou eu deveria dizer a estupidez? — foi tão grande que o
país campeão mundial de vacinação contra a inexistente e
irreal epidemia generalizada de gripe suína foi o Brasil
.
Mais de 70 milhões de brasileiros foram vacinados.
Agora, o governo Lula está sorrindo. O ministro contra a saúde está sorrindo. As empresas farmacêuticas,
com os bolsos entupidos do dinheiro dos cidadãos do Brasil, estão mais do que felizes e pulando de alegria.
E o povo está sorrindo, sem ao menos perceber o que está acontecendo. Ele paga, mediante impostos,
com o dinheiro do próprio bolso as estupidezes do governo, e ainda sorri abobalhadamente.
E quem no final leva o prêmio é o governo. Em 2009, Lula recebeu o Prêmio Chatham
House por seu papel como “importante promotor de estabilidade e integração na América
Latina”.  Um dos principais patrocinadores desse prêmio internacional foi a empresa
farmacêutica GlaxoSmithKline. No final de 2009, a GlaxoSmithKline recebeu
R$ 465.532.000,00 do governo brasileiro, numa compra sem licitação, de doses da vacina
contra a “epidemia generalizada” da gripe suína.
Uma mão lava a outra. As empresas farmacêuticas patrocinam homenagens internacionais ao ego
incontrolável e insaciável de Lula, e Lula sacia a ganância incontrolável e insaciável dessas empresas,
sustentando pandemias fantasmas que lhes enchem os cofres.
Mas quem pagou realmente um preço alto foram os brasileiros vacinados. Veja algumas repercussões
da vacina na mídia brasileira:
Assim, governo e empresas farmacêuticas pegam seu dinheiro, fazem a farra e, para justificar tanta
gastança, no final você e sua família têm de se submeter à ponta da agulha e suas conseqüências.
Um país assim é o curral perfeito para alimentar a ganância dos poderosos e corruptos, que
recorreriam a qualquer artifício para deter qualquer coisa que impeça seus lucros.
Durante a campanha de vacinação contra a rubéola em 2008, as denúncias do Blog Julio Severo
atraíram não só a atenção da mídia comprada (veja notícia do jornal O Dia culpando-me pelo número
baixo de vacinações), mas também a ira do Ministério da Saúde, que contou com uma equipe de
profissionais deinternet para sabotar meus artigos sobre a campanha da vacinação. A meta era postar
textos e comentários nos locais onde meus textos haviam sido publicados, questionando-os, quebrando
a força deles e destruindo minha credibilidade. Um trabalho de guerrilha. Só fiquei sabendo disso porque
uma mulher ligada a essa equipe conversou com uma amiga dela, que por sua vez é minha amiga!
Foi uma coincidência importante, que revelou que havia gente grande interessada em sabotar o impacto
 dos meus artigos sobre a campanha de vacinação. Conforme a informação que recebi, o Ministério da
Saúde estava também planejando outras ações contra mim, inclusive legais, mas suponho que não
houve tempo para executá-las, pois em poucas semanas saí do Brasil. Esse é o preço que se paga por
alertar as pessoas.
Portanto, da próxima vez que o governo e sua mídia comprada aparecerem com uma
campanha de medo tentando convencer você de outra pandemia fantasma, desconfie.

 79- GRIPE SUÍNA e a NOVA ORDEM MUNDIAL
 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Para quê todas estas manobras? Quem está por trás disto?
NOVA ORDEM MUNDIAL! Urgente! Isto é GRAVÍSSIMO! Avisem quantas pessoas puderem... NÃO TOMEM A VACINA
CONTRA A GRIPE SUINA! O MAIOR ANIQUILAMENTO EM MASSA NO PLANETA JÁ ESTÁ EM ANDAMENTO... Isto não
é alarme sensacionalista, é coisa seriíssima! O domínio das mentes para implantação da Nova Ordem já
começou em escala global!

Despopulação através da Vacina contra H1N1 e através dos Alimentos

Fonte 1de 3   http://www.youtube.com/watch?v=mRJedC3pIi0&NR=1

Fonte 2 de 3  http://www.youtube.com/watch?v=HJN6HVr8IiU&feature=related

Fonte:3 de 3  http://www.youtube.com/watch?v=EAnYjTjxN_w&NR=1
A instauração de uma nova ordem mundial, com um único governo (ditador, claro!), será que já ouviu falar disso? Não? Então
está com umas décadas de atraso na sua informação. Sinto muito pelo choque, para alguns. Mas isto está a acontecer agora.
Tudo está pronto. Só faltava um pretexto para aplicar as leis marciais e a carta será jogada! E esse pretexto é uma pandemia
mediática que precipitará o publico para as vacinas que ele verá como salvador, mas na verdade será essa arma biológica
que acabará com ele (o público).
Repito. Esta vacina não tem nada a ver com as vacinas que conhecemos até hoje. É uma arma fabricada com a cumplicidade
dos laboratórios. Não há nada a temer do vírus H1N1 (bastante contagioso, mas pouco virulento). A Austrália que está no
fim do inverno já fez o balanço. Poucas mortes (88 mortes para uma população de 20 milhões de habitantes), porque eles
não tinham vacinas. Será para o próximo inverno (Junho a Setembro 2010) que haverá muitas, quando a vacina estará
disponível para eles também.

Perca um bocado de tempo a examinar as fontes. E, quando a campanha de vacinação estiver em obra, pergunte-se uma
coisa: A pessoa que acabou de morrer será que tomou a vacina? Será que tomou algum antiviral (tipo Tamiflu)? Se a
resposta for sempre sim, então você saberá, com certeza, qual foi a causa da morte.
Está escrito: Apocalipse 17: 17 Porque Deus tem posto em seus corações, que cumpram o seu intento, e tenham uma
mesma idéia, e que
DÊEM À BESTA O SEU REINO. (ESTA DITADURA MUNDIAL DO ANTICRISTO VAI DURAR 7 ANOS),
até que se cumpram
AS PALAVRAS DE DEUS

Está escrito: Mateus 24: SERMÃO PROFÉTICO. PALAVRAS DO NOSSO DEUS DE JESUS CRISTO, pronunciadas a
2000 anos
4  E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos ENGANE;
Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e ENGANARÃO A MUITOS.                                    
E ouvireis de GUERRAS e rumores de GUERRAS; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas
ainda não é o fim.
Porquanto se levantará NAÇÃO CONTRA NAÇÃO, e REINO CONTRA REINO, e haverá FOMES, e PESTES, e TEREMOTOS,
EM VÁRIOS LUGARES.
Mas todas estas coisas são o PRINCÍPIO DAS DORES.
21  Porque haverá então GRANDE AFLIÇÃO, como NUNCA HOUVE DESDE O PRINCÍPIO DO MUNDO ATÉ AGORA, nem t
ampouco
EXISTIRÁ.
22  E, se aqueles dias não fossem abreviados, NENHUMA CARNE SE SALVARIA; mas por causa dos ESCOLHIDOS DE DEUS
serão abreviados
aqueles dias.
31  E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais AJUNTARÃO OS SEUS ESCOLHIDOS desde os quatro
ventos, de uma à outra extremidade dos céus.
37  E, COMO FOI NOS DIAS DE NOÉ (só se salvaram 8 pessoas), assim será também a vinda do Filho do homem.
38  Porquanto, assim como, NOS DIAS ANTERIORES AO DILÚVIO, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento,
até ao dia em que Noé entrou na arca,
39  E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e OS LEVOU A TODOS, assim será também a vinda do Filho do homem.
SAÚDE PARA TODOS OS BRASILEIROS É UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA E AMOR

                                                                SICKO - SOS - SAÚDE

Documentário do cineasta Michel Moore que mudou a história da Saúde Pública e dos
Planos de Saúde nos Estados Unidos.  Pode mudar também no Brasil.

Fonte:
1 de 9     http://www.youtube.com/watch?v=3q3XY7MtxYQ
2 de 9     http://www.youtube.com/watch?v=zySXAI3mk8E
3 de 9    http://www.youtube.com/watch?v=hpYzk7do3JI&feature=related
4 de 9     http://www.youtube.com/watch?v=jYjXCMVRqEM&feature=related
5 de 9     http://www.youtube.com/watch?v=P94R2hpKv7g&feature=related
6 de 9     http://www.youtube.com/watch?v=Qabf2OY6rGY&feature=related
7 de 9     http://www.youtube.com/watch?v=i8OEJyNgDGs&feature=related
8 de 9     http://www.youtube.com/watch?v=A3ZdQCf6gd4&feature=related
9 de 9     http://www.youtube.com/watch?v=43f63oTS7e4&feature=related


      O Brasil possui 200 milhões de habitantes. Apenas 42 milhões (um quarto = 25 %) possuem Seguro ou Plano
 de Saúde. Os outros 158 milhões de habitantes (três quartos = 75%) vivem a mercê de um FAVOR DO SUS, ou
de um jeitinho e indicação de um PISTOLÃO maçom "bonzinho" que te humilha para que você seja atendido
numa consulta, na realização de um exame, numa internação hospitalar ou na realização de uma cirurgia.

     Na realidade estas instituições pilantrópicas querem arrecar mais doações para os banqueiros cavaleiros
templários desde 1118, hoje vastamente conhecidos no mundo como os banqueiros Bilderberg, Rothschild,
Rockefeller, etc que querem matar 80% da populução mundial (6 bilhões de pessoas = 120 vezes a segunda
guerra mundial) , deixando existir apenas 500.000 habitantes na terra
http://www.youtube.com/watch?v=fbUWCnsidD0


     Chega de humilhação. O brasileiro precisa URGENTE do reconhecimento de seus DIREITOS e não de
caridades PILANTRÓPICAS.

     A CARTA MAGNA DO BRASIL, Constituição Brasileira, GARANTE:

     A SAÚDE É UM DIREITO DO CIDADÃO E UM DEVER DO ESTADO (que recebe 60 impostos)

     Que Deus nos abençõe e que a sua graça e misericórdia não nos falte.



MÉDICOS NAZISTAS DE HITLER


OS DOIS BRAÇOS PRINCIPAIS DOS ILLUMINATI SÃO: AS SOCIEDADES SECRETAS E OS BANQUEIROS

(Rothschild, Rockfeller, Bilderberg, etc)     
Como EXPLICAR que
pessoas NORMAIS preparadas para salvar vidas, se envolveram com as sociedades secretas de Adolf
Hitler e participaram do Holocausto TORTURANDO, MUTILANDO, FAZENDO EXPERIÊNCIAS E MATANDO SERES
HUMANOS? A história mostra com muita clareza como o ILLUMINATI Prescott Bush patrocinou Hitler na Alemanha e financiou
a guerra para os americanos. Adolf Hitler não era apenas maçom da Sociedade Secreta Thule, mas do nada foi eleito
“presidente” da Alemanha por estas sociedades secretas.     

É impossível negar os fatos da EUGENIA da maçônica Helena Blavastick , espírita fundadora da Teosofia, influenciando
Adolf
Hitler.       

                                           Hitler = SOCIEDADES SECRETAS = EUGENIA

.
INFORMAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS: "The Nazi Doctors: Medical Killing and the Psychology of  Genocide",
de Robert Jay Lifton, publicado pela Basic Books, ISBN: 0465049052.

PROPÓSITO DECLARADO DO AUTOR: Demonstrar a extraordinária importância que os MÉDICOS
tiveram na implementação e supervisão do Holocausto, durante todo o PERÍODO DE SETE ANOS
em que foi executado.
             

OBS:  Lembrar que Hitler era da SOCIEDADE SECRETA THULE, ligada à MAÇONARIA INGLESA,
o que é fácil de COMPROVAR: uso da CRUZ DE MALTA dos CAVALEIROS TEMPLÁRIOS, que
são os atuais maçons.



PONTOS FUNDAMENTAIS DO LIVRO MÉDICOS NAZISTAS:

1- Os médicos que tiveram a mesma visão biológica para a Alemanha que Hitler, foram responsáveis por ajudarem a
implementar e executar o Holocausto, que estava baseado na visão biológica que
JUSTIFICAVA O GENOCÍDIO COMO
UM MODO DE OBTER “CURA” NACIONAL E RACIAL
.

2-  Como médicos NORMAIS puderam participar no ASSASSINATO EM MASSA direto?

3-  As mudanças sociais que fizeram os médicos alemães "NORMAIS" supervisionar oficialmente a matança começaram
com a aceitação da "Eutanásia" como normal e saudável. Sem esse primeiro passo, Hitler nunca poderia ter obtido apoio
suficiente para executar o Holocausto.

4- O AUTOR OBSERVA AS CORAJOSAS AÇÕES DE ALGUMAS POUCAS IGREJAS PROTESTANTES QUE RESISTIRAM
À CAMPANHA DE EXTERMÍNIO DE HITLER
.

COMENTÁRIO: Eu, Dr José Renato Pedroza, tenho a honra de pertencer a esta VERDADEIRA IGREJA DE CRISTO, a igreja
que
 PROTESTA contra os Cavaleiros templários, atuais maçons, que fizeram o MAIOR ATO DE EXTERMÍNIO DO
MUNDO,O HOLOCAUSTO DE 388 ANOS NO BRASIL, O EXTERMÍNIO DE MAIS DE 200 RAÇAS INDÍGENAS, OS
VERDADEIROS DONOS DO BRASIL. A verdadeira Igreja de Cristo
 MANIFESTA EM DEFESA DESTA IGREJA, DA
MORAL, DA HONRA,DA DIGNIDADE, DO AMOR E DOS BONS COSTUMES DE FORMA GERAL
.
Os negros doentes eram sacrificados, para se conseguir uma EUGENIA, SUPER HOMENS ARIANOS. 
Qual o conteúdo espiritual, ético, moral de um "pastor" que não combate esta desgraça hitleriana e, ainda participa destes
manjares do inferno, a desgraçada lentilha verdinha que envenena a alma, o corpo e o espírito. Ver neste artigo a lista de
"pastores" de Hitler, os "pastores" maçons.

OBS: A EVOLUÇÃO DA EUGENIA HITLERIANA ESTAMPADA NO DINHEIRO DOS MAÇONS.
Por isso a necessidade de EXTERMÍNIOS, como ao da vacina da gripe suína. Este é mais um trabalho inédito de
pesquisas do Dr José Renato Pedroza, concedido pela misericórdia de Deus. EM BREVE, ARTIGO COMPLETO.


 IMPORTÂNCIA DO LIVRO "MÉDICOS NAZISTAS"; CONTRIBUIÇÃO OFERECIDA:
1- Como "Hitler's Willing Executioners", demonstra o papel que os MÉDICOS "NORMAIS" tiveram na direção do Holocausto
de seis milhões de judeus e doze milhões de outros seres humanos, que foram classificados como "indignos de viver".

2- Demonstra que os EUA e TODA CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL hoje estão trilhando o mesmo caminho que os médicos
alemães trilharam no início do século XX
. O Dr. Kervorkian é apenas uma pequena ponta do iceberg. Muitos médicos
compartilham os valores e a cosmovisão neonazistas do Dr. Kervorkian.

3-É um excelente estudo da psicologia humana, pois o autor demonstra como PESSOAS NORMAIS podem justificar
qualquer ação em suas mentes.

AS INFORMAÇÕES APRESENTADAS SÃO NOVAS?           
Sim, é o primeiro livro que realmente demonstra de forma firme a participação dos médicos alemães no Holocausto.
Eles ficaram lado a lado com os
FANÁTICOS SATÂNICOS soldados da SS na execução do extermínio de 18 milhões
de pessoas.

CONFIRMAÇÃO DE OUTRAS FONTES                                                                                                                          
O livro Hitler's Willing Executionersl é esclarecedor. Entretanto o livro de Lifton enfoca somente o papel dos médicos em todas
as fases da campanha de extermínio que chamamos de Holocausto.

RECOMENDAÇÃO                                                                                                                                                                 
É uma leitura essencial para qualquer pessoa que queira ver os muitos PARALELOS ENTRE A CAMPANHA NAZISTA
durante os anos precedentes e durante o Holocausto, e A SOCIEDADE OCIDENTAL CONTEPORÂNEA (MAIS
ENVOLVIDA COM SOCIEDADES SECRETAS)
.

Exatamente como a
NOVA ORDEM MUNDIAL é NEONAZISTA (muito almejada pelo presidente Lula), assim também
hoje os EUA e todo o Ocidente estão trilhando O MESMO CAMINHO
.     

Você também ficará chocado ao ver os muitos paralelos entre a ideologia nazista e o
Movimento de Nova Era (CRIADO
PELOS ILLUMINATI para unir as duas maçonarias, inglesa e francesa).

COMENTÁRIO: A principal revista da maçonaria nos EUA é a THE NEW AGE = A NOVA ERA).
Um dos principais Jornais da maçonaria no Brasil é o JORNAL
NOVA ERA MAÇÔNICA, de São Paulo.

COMENTÁRIO: Obviamente que Adolf Hitler não fez o holocausto sozinho, mas contou ativamente com a "ajuda" de seus
irmãos das sociedades secretas. Seria ético, moral, racional e intelectual um médico participar de tais sociedades secretas
e ocultar isto da sociedade e principalmente de seus pacientes? Qual deveria ser a atitude das sociedades médicas?




Confissões de um Judeu sionista que criou a AIDS

Robert Gallo: O Homem Que Criou a AIDS

http://www.youtube.com/watch?v=CDxZ7PX8YGI&feature=player_embedded

A AIDS é uma Arma Biológica do Governo Americano

http://www.youtube.com/watch?v=UJtvcZb6ILo&feature=related




OS ESTADOS UNIDOS NÃO É MAIS UMA NAÇÃO CRISTÃ, É UMA NAÇÃO MAÇÔNICA

No dia 03/01/2010, no programa Fantástico da Tv Globo, o autor do livro Código da
Vinci, o maçom Dan Brown afirma que os Estados Unidos é uma nação maçônica.

http://www.youtube.com/watch?v=UJtvcZb6ILo&feature=related

ESTÁ ESCRITO:

Provérbios 13: 17
O que prega a maldade cai no mal, mas o embaixador fiel é SAÚDE.

Mateus 8: 7    
E Jesus lhe disse: Eu irei, e lhe darei SAÚDE

III João: 1: 2   
Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas SAÚDE assim como bem vai a tua alma

Provérbios 12: 18 
Há alguns que falam como que espada penetrante, mas a língua dos sábios é SAÚDE.

Provérbios 4: 20 -22
Filho meu, atenta para as minhas palavras; às minhas razões inclina o teu ouvido. Não as deixe apartar-se dos teus ólhos;
guarda-as no íntimo do teu coração. Porque são VIDA para os que a acham, e SAÚDE para todo o seu corpo.

Provérbios 3: 6-8
Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao
Senhor e aparta-te do mal. Isto será SAÚDE para o teu âmago, e MEDULA para os teus ossos.
    
Jeremias 33: 6
Eis que eu trarei a ela SAÚDE
e cura, e os sararei, e lhes manifestarei abundância de PAZ e VERDADE

A graça de Deus nos basta.

Dr José Renato Pedroza

www.simceros.org
www.simceros.ning.com
www.simceros.rg3.net
    

 

3 comentários:

  1. Uma pergunta bem básica e oportuna... O que será de nós? Diante de tudo isso, tem alguma coisa que pode nos ajudar? É aquele kso se correr o bicho pega e se ficar o bicho come, só nos resta confiar e confiar no Criador e aguardar em silêncio a salvação ou tô errada?!Estamos sem sbr nos defender acredito que a religião nos escravizou nos cegou e nos isentou desses acontecimentos nos ensinando que não iriamos passar por nada disso, acredito que estamos já nos inicio dessa inevitável tribulação.

    ResponderExcluir
  2. Uma pergunta bem básica e oportuna... O que será de nós? Diante de tudo isso, tem alguma coisa que pode nos ajudar? É aquele kso se correr o bicho pega e se ficar o bicho come, só nos resta confiar e confiar no Criador e aguardar em silêncio a salvação ou tô errada?!Estamos sem sbr nos defender acredito que a religião nos escravizou nos cegou e nos isentou desses acontecimentos nos ensinando que não iriamos passar por nada disso, acredito que estamos já nos inicio dessa inevitável tribulação.

    ResponderExcluir
  3. Uma pergunta bem básica e oportuna... O que será de nós? Diante de tudo isso, tem alguma coisa que pode nos ajudar? É aquele kso se correr o bicho pega e se ficar o bicho come, só nos resta confiar e confiar no Criador e aguardar em silêncio a salvação ou tô errada?!Estamos sem sbr nos defender acredito que a religião nos escravizou nos cegou e nos isentou desses acontecimentos nos ensinando que não iriamos passar por nada disso, acredito que estamos já nos inicio dessa inevitável tribulação.

    ResponderExcluir

MAÇONARIA - E SUAS CO-IRMÃS AS SOCIEDADES SECRETAS