BUSQUE AQUI MESMO

domingo, 22 de abril de 2012

MANTRA CONHEÇA MAIS ESTA FARSA SATANICA

Série: Vocês querem ser enganados! PARTE-20 - 

MANTRA 



Continuando essa série de artigos que visa confrontar-lhes com a verdade, hoje trazemos esclarecimentos acerca dessa grande e perigosa mentira: O mantra!

O Mantra:

Por definição Mantra (do sânscrito Man mente e Tra alavanca) é uma sílaba ou poema religioso normalmente em sânscrito. Os mantras originaram do hinduísmo, porém são utilizados também no budismo e jainismo. Os mantras Tibetanos são entoados como orações repetidas. O budismo mahayana do Tibete usa mantras em tibetano, o zen-budismo do Japão os usa em japonês. John Blofeld encontrou em Hong Kong no começo do século XX mantras cuja língua ninguém sabia identificar, e que pareciam uma alteração de um original sânscrito.

O mantra é uma vibração sonora que usamos na maioria das vezes na meditação, mas podemos usar independente dela também. Man, em sânscrito quer dizer mente, e Tra quer dizer liberação. Portanto, mantra quer dizer literalmente liberação da mente. O mantra é uma vibração sonora que, quando emitido corretamente, exerce um efeito poderoso em nosso corpo e nossa mente. Ele acalma nossas mentes e sentidos, relaxam o corpo e nos liga a energias superiores, pois sua vibração provoca a limpeza de energias de vibração mais baixa. O mantra é definitivamente uma palavra de poder, uma palavra sagrada, que deve ser usado com propriedade e consciência.

Para algumas escolas, especificamente as de fundamentação técnica, mantra pode ser qualquer som, sílaba, palavra, frase ou texto, que detenha um poder específico. Porém, é fundamental que pertença a uma língua morta, na qual os significados e as pronúncias não sofram a erosão dos regionalismos por causa da evolução da língua. Existem mantras para facilitar a concentração e meditação, mantras para energizar, para adormecer ou despertar, para desenvolver chakras ou vibrar canais energéticos a fim de desobstruí-los.

Fonte: Google.

O conceito de rezar:

Segundo o dicionário...

v.t. Proferir, dizer (súplicas religiosas); fazer preces: rezar dez padres-nossos.
Referir, conter escrito: isto é o que reza a lei.
Fig. Resmungar, murmurar.
Dirigir súplicas (à divindade); rezar aos santos.
Tratar, falar: é um dos maiores feitos de que reza a história.
V.i. Fazer preces a Deus ou aos santos.

"E, quando o espírito imundo tem saído do homem, anda por lugares áridos, buscando repouso, e não o encontra. Então diz: Voltarei para a minha casa, de onde saí. E, voltando, acha-a desocupada, varrida e adornada. Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam ali; e são os últimos atos desse homem piores do que os primeiros. Assim acontecerá também a esta geração má". (Mateus 12: 43-45)

Mantra é reza e reza é repetição e o nosso Messias condenou essa prática:

"E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos". (Mateus 6:7)

A oração:

"Ao que Jesus lhes disse: Tende fé em Deus; porque em verdade vos afirmo que, se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar no seu coração, mas crer que se fará o que diz, assim será com ele. Por isso, vos digo que tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e será assim convosco" (Marcos 11.22-24)

Deus nos concedeu duas grandes e preciosas bênçãos que devemos usar diariamente: a sua palavra e a oração. Pela sua palavra Deus revela-nos, alem de muitas coisas mais, a grandeza da Sua bondade e da sua misericórdia e a certeza de que estas nunca se esgotarão. Pela oração o crente reconhece a sua fraqueza e incapacidade de fazer coisa alguma, até mesmo de dirigir bem a sua própria vida, mas que Deus quer e é poderoso para nos sustentar, proteger e guiar. Como é bom falar com o nosso Pai, dizer-Lhe que O amamos, agradecer-lhe por todas as Suas dádivas e pelo perdão dos nossos pecados.

Não é só quando estamos em aflição que devemos orar. Orar é conversar com Deus e dar-lhe graças por tudo quanto Ele permite que nos aconteça. Orar não é rezar. Reza é repetição! Nós sabemos que todas as coisas contribuirão para o nosso bem. Quer nas situações difíceis, quer nas coisas fáceis, devemos sempre buscar ao Senhor em oração.

"Qual é o poder da oração?"

A idéia de que oração possui poder inerente é bem popular. De acordo com a Bíblia, o poder da oração é simplesmente o poder de Deus, o qual escuta e responde às orações. Considere o seguinte:

1) O Senhor todo-poderoso pode fazer qualquer coisa; não há nada impossível para Ele (Lucas 1:37)

2) O Senhor todo-poderoso convida o Seu povo a orar a Ele. Oração a Deus deve ser feita de uma forma bem persistente (Lucas 18:1); com ação de graças (Filipenses 4:6); em fé (Tiago 1:5), de acordo com a vontade de Deus (Mateus 6:10), para a glória de Deus (João 14:13-14) e de um coração correto diante de Deus (Tiago 5:16)

3) O Senhor todo-poderoso escuta as orações de Seus filhos. Ele nos manda orar, e promete escutar nossas orações. “Na minha angústia, invoquei o SENHOR, gritei por socorro ao meu Deus. Ele do seu templo ouviu a minha voz, e o meu clamor lhe penetrou os ouvidos” (Salmos 18:6)

4) O Senhor todo-poderoso responde às orações. “Eu te invoco, ó Deus, pois tu me respondes; inclina-me os ouvidos e acode às minhas palavras” (Salmos 17:6). “Clamam os justos, e o SENHOR os escuta e os livra de todas as suas tribulações” (Salmos 34:17)

Comentário:

O grande sentido dessa série de artigos é alertá-los sobre as grandes mentiras que estão ocultas ou não dentro de religiões, seitas, no comportamento das pessoas, no que a mídia apresenta ao mundo, dentre outras coisas.

Se você pratica ou já praticou o mantra é hora de se abster totalmente dessa errônea prática! Se você conhece alguém que pratica ou já praticou o mantra passe esse artigo à ela, isso pode ajudá-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MAÇONARIA - E SUAS CO-IRMÃS AS SOCIEDADES SECRETAS